fbpx

O iPhone 12 Pro vai ter uma atualização brutal no ecrã!

A Apple há muito que deixou de ser a empresa misteriosa capaz de guardar segredos até ao dia do lançamento de novos produtos. Prova disso é o que tem acontecido ano após ano, com a totalidade do design dos novos iPhones a chegar à Internet meio ano antes do seu evento de lançamento.

Pois bem, desde que o iPhone 11 chegou ao mercado, que vários rumores e ‘leaks’ sugerem que os modelos de 2020 irão chegar com várias diferenças! Especialmente no design, tipo e tamanho de ecrãs. Afinal de contas, no próximo ano vamos ter iPhones com ecrãs de 5,4”, 6.1” e 6.7”. Além disso, vamos finalmente dizer adeus ao modelo com ecrã LCD, para ver uma adoção ao OLED em toda a gama.

O iPhone 12 Pro e 12 Pro Max vão ter uma atualização brutal no ecrã! Já o iPhone 12 ‘Normal’ deverá continuar a contar com a antiga tecnologia OLED

iPhone 12

Pois bem, aparentemente, além da adoção total da tecnologia OLED… Parece que a Apple também vai aproveitar uma das inovações da Samsung! Que por sua vez conseguiu finalmente implementar a camada ’touch’ no próprio painel OLED, o que não só torna os ecrãs mais finos, como também mais baratos de produzir!

Portanto, com a introdução desta tecnologia, a Samsung parece ter conseguido fechar um negócio irrecusável para a gigante Norte Americana Apple. Fazendo da fabricante Coreana a principal fornecedora de componentes para os modelos de 2020. Aliás, tudo isto foi uma jogada chocante para muitos dos especialistas, que esperavam uma mudança total para o campo da LG. (Que caso não saiba, tem recebido investimentos avultados da Apple, para substituir a Samsung na produção do iPhone)

Entretanto, o modelo de 6.1” que deverá suceder ao atual iPhone 11, irá continuar a contar com a tradicional tecnologia OLED da Samsung e LG.

Em suma, esta é uma das grandes mudanças que deverão chegar ao iPhone em 2020! Ao fim ao cabo, além dos novos ecrãs, o iPhone 12 Pro também deverá ver a quantidade de RAM a subir para os 6GB, irá contar com câmeras ToF 3D, e ate suporte às redes de nova geração 5G.

Fonte | Leak



%d bloggers like this: