fbpx

Utiliza o Safari no iOS? Então fique a saber que a Navegação Segura envia dados para a China

O Safari da Apple há muito tempo que envia dados para o Google Safe Browsing, um serviço de lista negra da Google que fornece algumas listagens com URLs para recursos da Web que contêm conteúdo malicioso ou de phishing.

Hoje, parece que a gigante tecnológica chinesa Tencent também recebe algumas dessas informações. Os utilizadores descobriram recentemente que o iOS 13 (e talvez até desde o iOS 12.2) são enviados os dados da Navegação segura do Safari, para a Tencent, que está localizada na China… além do sistema da Google.

O Safari para iOS envia alguns dados de navegação para a Tencent, na China

Se essa é realmente uma boa intenção, o público em geral tem todo o direito de questionar o que a Tencent faz com esses dados. A Google e a Tencent podem simplesmente arquivar endereços IP para executar os seus sistemas anti-phishing, mas a cooperação frequente da Tencent com o governo chinês levanta algumas questões legítimas sobre o uso desses dados para fins de vigilância, entre outras coisas. Mattew Green, da Universidade Johns Hopkins, por exemplo, explicou que um provedor mal-intencionado poderia teoricamente usar a abordagem de Navegação segura da Google para cancelar o anonimato de alguém, agrupando as suas diferentes consultas. O método de Tencent para o seu sistema é provavelmente semelhante, para alimentar o sistema de Navegação segura da Tencent e protegê-lo contra sites fraudulentos.

iphone - Utiliza o Safari no iOS? Então fique a saber que a Navegação Segura envia dados para a China

Acontece que a Apple integrou a Navegação segura da Tencent no Safari para os utilizadores chineses logo após o anúncio da WWDC 2017. Hoje, o recurso é implantado para dispositivos fora da China. É possível desactivar toda essa funcionalidade, acedendo às configurações do Safari. Procure a configuração “aviso de site fraudulento” e desactive-o se estiver pronto para estar um pouco menos ciente de páginas da web fraudulentas. Ainda assim, a Apple activa a funcionalidade padrão, sem notificar o utilizador, e sem especificar onde e como a Tencent está envolvida nisto.

A verdade é que alguns utilizadores têm algum receio em relação à China, e se isto for realmente uma verdade, teremos de esperar para ver o que o governo Norte Americano tem para dizer… já que isto é uma claro cooperação de uma empresa dos EUA com uma empresa chinesa.

Fonte | Notícias ao Minuto