fbpx

Facebook está ‘aflito’ com as permissões de localização no iOS 13 e Android 10

O Facebook fez uma publicação a salientar a importância de ter acesso à localização dos seus utilizadores. É irónico que o Facebook publique algo do género mesmo quando o iOS 13 e Android 10 estão prestes a serem lançados.

“Facebook é melhor com localização, faz com que check-ins em hóteis e o planeamento de viagen seja mais fácil. Além disso, ajuda a melhorar anúncios e a manter a comunidade do Facebook mais segura. Funções como Encontrar Wi-Fi e Amigos Próximos utilizam localização precisa até quando não utilizas a app para garantir alertas e ferramentas mais personalizadas para ti.” – publicação no site oficial da rede social.

Os novos sistemas operativos da Apple e Google vão oferecer mais opções de privacidade, incluindo no que se trata de acesso à localização por parte de aplicações. Isso vai dificultar a vida ao Facebook, que beneficia de todo os dados que conseguir recolher.

O Facebook explica como são feitas as permissões no iOS 13 e Android 10

Na publicação, o Facebook detalha como é que a recolha de localizações passará a ser feita nos novos sistemas operativos. No Android 10, a rede social explica que os utilizadores terão a opção de escolher individualmente quais apps acedem à localização.

No entanto, existe a opção de permitir que a app aceda à localização mesmo quando não está em uso. O Facebook ‘promete’ que caso o utilizador desative esta opção, nada será recolhido quando a app não for usada.

Para o iOS 13, as permissões são semelhantes. No entanto, o sistema operativo da Apple oferece uma opção chamada “permitir uma vez” que como o nome indica, permite apenas uma vez o acesso à localização, excepcionalmente.

Facebook admite que vai conseguir obter a localização na mesma

Na mesma publicação, o Facebook salienta que poderá conseguir recolher a localização dos seus utilizadores, mesmo com as restrições. Isso será possível através de check-ins, eventos ou informações sobre a ligação de internet, dependendo se utilizares redes públicas ou privadas.

Fonte | 4GNews



%d bloggers like this: