fbpx

Google: acaba de ser encerrada a rede social Google+

Chega hoje ao fim a história da rede social Google+. A tecnológica de Mountain View tem vindo a preparar os (poucos) utilizadores para o inevitável desfecho e, dessa maneira, minimizando o impacto negativo. Agora, em conformidade com a decisão previamente anunciada e noticiada, já não é possível aceder aos seus serviços.

A partir da hoje (2) deixa de ser possível usar a rede social, do mesmo modo, todo o conteúdo será eliminado.

O Google+ (Plus) foi lançado em 2011 com o intuito de se afirmar, enquanto rede social, face ao Facebook, Twitter e Instagram. Porém, nunca consegui reunir um número de utilizadores comparável às demais concorrentes. Ainda que tivesse passado por várias mudanças, sobretudo em 2015, a adesão não melhorou.

A hora do adeus à rede social Google+

Com efeito, já não é possível aceder à sua estrutura, ou a qualquer conteúdo. Aliás, todas as contas e respetivo conteúdo, desde fotografias a vídeo, serão eliminados. De facto, se aceder neste momento à página inicial será contemplado com uma mensagem de despedida, além de uma forma de guardar os seus dados.

De acordo com as disposições da empresa, os utilizadores que desejassem guardar as suas publicações (conteúdo multimédia), já deveriam ter descarregado o mesmo. De qualquer forma, poderá encontrar mais esclarecimentos sobre o destino final para todas as suas fotos e vídeos na página para o efeito.

A decisão de encerramento da rede social foi tomada em dezembro de 2018. Entretanto, a Google foi alertando os utilizadores para a possibilidade de salvaguardar os dados. Agora, deixou de ser possível para o utilizador pessoal aceder aos seus serviços. Nem  mesmo fazer qualquer tipo de ação a partir da página inicial.

O fim da rede social da Google

Estamos a proceder à eliminação de conteúdo das contas do Google+ para consumidores (…). Este processo pode demorar alguns meses até ficar concluído e o conteúdo pode permanecer disponível durante este tempo. Até lá, se tiver criado anteriormente conteúdo no Google+, pode transferir e guardar o seu conteúdo restante do Google+ e eliminar o seu perfil. Também pode ver e eliminar a sua atividade restante.

Uma efeméride que já vinha a ser preparada há alguns meses. Aliás, após a falha de segurança que acabou por expor  a informação pessoal de mais de 50 milhões de utilizadores a tecnológica quis abreviar o processo. Em síntese, é o encerramento que agora se materializa. Registe-se o dia 2 de abril de 2019.

É o fim da rede social, mas pode existir esperança para os seus dados. Caso se tenha esquecido de os descarregar, ainda existe uma réstia de esperança. Sobretudo se ainda conseguir autenticar-se na rede, nesse caso, siga as ligações acima.

 

Fonte



%d bloggers like this: